quarta-feira, 4 de junho de 2014

Vale a pena acreditar.























 As vezes pareço confusa. Uma mente louca. Mas pode acreditar que esses era um dos meus apelidos. Pelo meu modo de agir, falar, de sonhar. Sempre sonhei muito, as vezes ate saia fora da realidade em que eu vivia. Mas também sempre acreditei que se temos um sonho, temos que correr atras. Claro que terá aqueles dias que parece que nada acontecera. 
 Mas sempre confiei em Deus, sempre confiei e compartilhei cada sonho com ele. Acreditar em si mesmo não doí. Escute a voz do seu interior e vá em busca de seus sonhos, metas. Daquilo que você espera. Pare um instante. Olhe para céu. Feche os olhos e busque inspiração. Busque dentro de si coragem, força de vontade, amor, e o mais importante: Fé. A fé leva qualquer um longe. A fé de mudar pensamentos auto-destrutivos. Sabe aqueles pensamentos que só aparecem para desanimar. Podemos ir longe, basta querermos. Claro. Nao espere que tudo sera mil maravilhas. Pois não sera. 
Lembro que aos 15 anos comecei a sonhar em viajar para outro pais, chorava muito, pois sabia que seria difícil. A vontade ficou ali presa, apenas no pensamento. Aos 16 pedi para começar um curso de inglês, já no intuito de viajar, algumas pessoas falaram que era besteira, perguntaram se eu iria viajar para algum lugar. Poxa, precisa ter que viajar para começar um curso de inglês? Oras. Aos 17 comecei minhas pesquisas sobre intercambio, e la se foi dias tentando mostrar minha mãe sobre intercambio, mas o "não" era persistente. Eu chorava muito, mas nunca perdi a esperança, comecei a orar muito, pedir a Deus. Lembro que já estava desistindo, quando sonhei com um ambiente totalmente escuro, e uma voz dizia: Arruma todos os seus documentos, deixa tudo pronto. Lembro que sonhei com avião, com varias coisas. Acreditem minha mãe logo aceitou, claro que ainda teve muitos outros "naos". Mas não deixei que me parassem. No final de 2012 la estava eu embarcando para a Ilha Verde, com apenas 18 anos, indo morar sozinha, alugar casa, trabalhar, preparar minha própria comida, encarar um lugar sozinha. Encarar um outro pais sozinha. Eu sabia que eu poderia passar por momentos difíceis, mas nada me desanimava. E logo estava na Irlanda, precisamente em Dublin. Passei por muitas coisas, mas acreditei. Sonhei. Busquei. Acreditei em Deus. 
 E espero que o sonho que esta instalado em seu coração, não fiquei apenas instalado, mas que ele vire uma realidade, pois sonhar não mata. Acreditar que tudo vai mudar, que sua historia vai mudar. Nao olhe para os "naos". Olhe para Deus. Creia. Tenha certeza que mesmo que pareça impossível, ele vai fazer algo maravilhoso. Sempre vale a pena acreditar. Voe. Sonhe. Realize.

"Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração" Salmos 37:4.

Beijos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário