domingo, 21 de setembro de 2014

Melancolia

  Sei que as vezes sumo, desapareço. Mas não posso mentir, as vezes e preciso um tempo, um tempo para pensar, um tempo para organizar a mente. As vezes a vontade e tao grande de sumir, que entro em total melancolia, e isso tem me consumido dias apos dias.
  Uma xicara de cafe ao lado, ao som de The Smiths, não podemos mentir, os caras são o máximo, a voz do Morrissey me da uma nostalgia, melancolia. Oh meu amigo, eu ainda lembro daquele apelido que colocamos um no outro, eu gostei tanto de você, mas eu precisava me afastar. Eu estava começando a me afundar, você me atraia com seu modo de falar, esse seu jeito de dizer que gostava de mim. Dizia que me odiava, eu esperava você entrar em alguma rede social, só para começarmos as trocas de musicas, eu ainda irei lembrar com carinho da musica do Queen que você me mandou, daquele momento em diante o Queen não saiu da minha playlist, também não esquecerei da musica My Love Life do The Smiths. Cara, você me fazia sair desse meu mundo, esquecer os meus medos.
  Eu precisava me afastar de você, nunca irei esquecer da primeira vez que nos vimos, estávamos na Europa, e ali nasceu uma amizade, baseada no "ódio" e implicâncias. Eu precisei me afastar,os sentimentos estavam se distorcendo, eu acho que não sou uma pessoa ideal para um relacionamento, primeiramente que vivo em um mundo trancando com minhas historias, tenho uma mente conturbada. A melancolia me ataca de tal forma, as vezes fico acordada uma boa parte da madrugada, as lembranças e saudades, sinto muita saudades, queria voltar. Porem, devo ser realista, nada volta. O passado vai ficar la, e as lembranças vai ficar aqui me perturbando. E um sentimento tao estranho, as vezes gostoso, ninguém nunca vai entender, minha família nunca ira entender. Eles não sabem metade do que passa em minha cabeça. E nunca farei questão de contar. As vezes e melhor passar a vida guardando um lado da historia, pelo menos isso ninguém ira tirar de mim.
 Enquanto isso  carrego comigo essa melancolia, e a cada dia que passa ela aumenta. Eu sei que eu deveria escrever sobre coisas mais bonitas, porem eu escrevo o que sinto, e se estou me sentindo assim, e desse momento que arrancarei palavras do meu ser. Arrancarei de mim mesma aqueles sentimentos guardados, os escreverei. E assim faço.


Nenhum comentário:

Postar um comentário